domingo, 25 de Julho de 2010

POEMA:PINGOS DE DOR

FOTO NET




PINGOS de DOR…



Oculto-me à luz da Lua, companheira habitual
das viagens, em sonhos nocturnos.
Dias inquietos, forçam-me a procurar tranquilidade.

Sofro de SAUDADE dos dias que se ausentam
imperceptivelmente…

Os meus momentos, tão reais! -são ilusórios
como o pôr – do – SOL, que não houve…

Acaricio minh’alma com pingos de dor caídos pela face,
ao som do choro das negras nuvens, que desabam!

São momentos de inquietantes intermitências
esses pingos de dor , sentidos e sensíveis,
vigorosos, atentos ao quebrar de laços poderosos…

Quem me rodeia, não me vê, no seu viver…
não medita… não sente o cheiro do medo oculto, dos ciprestes.

Loucos!
Tudo é TUDO----tão pouco…
…tão pouco, que se torna NADA!
…NADA, é pó!
PÓ que se perde ao sabor dos VENTOS
SEMPRE ATENTOS…
perdidos nas almas, sem DÓ!





C8H- 106/25(vds)- JNH/010

27 comentários:

  1. Querida amiga que lindo poema principalmente quando você diz:
    Acaricio minh’alma com pingos de dor caídos pela face,
    ao som do choro das negras nuvens, que desabam!
    Maravilhoso..Beijocas

    ResponderEliminar
  2. MARILU: não sei o que fiz que publiquei o poema, tantas vezes! Tenho que esperar pela minha filha, minha mestra também, neste mundo virtual!
    MINHA querida: fico contente por ter gostado desses versos ,carregados de Mensagem. É que , às vezes, o desânimo nos faz chorar como água das nuvens que cai...
    Beijinhos
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  3. Oculto-me à luz da Lua, companheira habitual
    das viagens, em sonhos nocturnos.

    A luz da lua também nos faz bem para sonhar e acreditar em dias melhores.
    Iniciemos a viagem sem dor nem lamentos. Ficar agarrados a passados nada no dá nem nos guia no futuro.

    ResponderEliminar
  4. Doce Maria: Lindo poema esse pinga amor é tão bom e belo pingar de amor é tão linda que publicaste varias vezes eu adorei.
    Um beijo
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  5. MEU QUERIDO SANTA CRUZ: não sei o que fiz, ao publicar! JURO-TE!Espero que chegue do trabalho,a minha filha, para ver o que fiz...És maroto....
    BEIJINHO
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  6. TENS RAZÃO, LUÍS COELHO, amigo querido: devemos deixar o passado para trás, pois já passou...mas há o perigo de passar pelo mesmo ... e eu não arrisco!
    BEIJO AMIGO
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  7. Maria, que loucura (No bom Sentido!)
    Que extase sublime, divinal e arrebatador!
    Esse é um poema que leio de ti que não sei porque, mas me arrepiei aqui defronte a esse monitor. Meus dedos tamborilam como que movidos pelas batidas do teu coração! O que será isso Maria amiga?
    Eis que teu leitor é tomado pelas tuas palvras e quase chega ao sétimo céu! Perdoe-me se exponho de uma forma cabal todo meu sentimento, mas não me contive.
    Obrigado pelo Fredy e a Montserrat!
    Um beijo em teu coração, um abraço.

    ResponderEliminar
  8. O amor para toda vida é possível,independente de quais sejam as suas circunstâncias...

    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. VOZES DA MINHA ALMA:fico comovida com teus comentários ,tão genuínos ,tão sinceros, que se sente ,ao lÊ-los...Não me ofende nada que tenhas chegado ao céu... É sinal de que o poema te tocou e isso é lindo, porque, embora registada, a minha obra poética. que descobri só há dois anos1 ainda não mereceu a atenção de nenhuma Editora! Não faz mal...vou dando esse pouco de mim que me realiza, quando "oiço"palavras como as tuas.
    Vou publicar o próximo poema no dia 28 e vou oferecer-to. Desactivarei os registos ,para que o possas postar no teu "vozes"...
    BEIJO AMIGO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  10. MANUEL MARQUES: pois o problema está aí... nas circunstâncias...
    BEIJO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  11. Oi, amiga! Lindo poema, bem do estilo do meu blog PASSION. Vou postar nele, viu? E te dou o link pra vc dizer se gostou. (Se vc não se importa, claro)
    Beijos brasileiros.

    ResponderEliminar
  12. Veja lá, amiga. bjos

    http://passionpoemas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. PASSION: já fui ver e está lindo! DEIXEI NOTA EM PASSION!
    BEIJITOS DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  14. DANIEL SANTOS: obrigada! Eu sei o muito que o teu pouco, quer dizer! Beijo
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  15. Agora eu fiquei curiosa. Não entendi seu comentário. Aquela parte, "não sei como foi possível" e que o blog é registrado. Do que vc está falando, linda? De como copiei? Eu sempre pergunto se posso postar, pois tem poetas que não gostam, por isso perguntei. Caso a pessoa prefira, deleto a postagem. Quanto a copiar, é só selecionar e copiar. Qualquer um pode copiar. Por isso não entendi. Bom que gostou do blog. bjos

    ResponderEliminar
  16. O negativismo também faz poesia!...

    Beijinhosss

    ResponderEliminar
  17. RH: perdoe, que me expliquei mal e sim disse que ia postar e que gostei de me ver pelos seus olhos. Por vezes, não nos fazemos compreender, por falta de clareza, minha, neste caso. BEIJINHO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  18. O que dá valor à minha poesia
    Não é a página que ela enfeita,
    Mas é a paz que propicia
    Quando enche de alegria
    O peito de quem dela aproveita.

    Eduardo De Paula Barreto


    Feliz Noite...Beijos na alma!!

    ResponderEliminar
  19. Maria, inspirei-me no Pingos de Dor

    Pingos de Amor

    No dia mais bendito de minha vida
    Em que tuas palavras vieram do céu...
    Senti, no esplendor da tua luz bendita,
    Como que, o descortinar de um véu!

    Toda plenitude que me fez viver
    Acorde de harpa misteriosa de cantata
    Eis que sinto minha vida ascender
    Que em êxtase me alucina e arrebata!

    Mas de onde vem tal sentimento,
    Que me eleva, me arrepia, me acalma?
    Vem da inspiração, do encantamento!
    Vem do coração, vem da luz da tua alma!

    Meus dedos tamborilam, na tua melodia!
    Êxtase, arrebatador, minh’alma toca!
    Quando ouço de ti, no mais sublime dia
    O que do teu mundo, celestial evoca!


    Abraços.

    ResponderEliminar
  20. VOZES DA MINHA ALMA:sinto-me lisongeada!
    Fizeste um poema lindíssimo, que me toca...
    Não te esqueças que o poema de amanhã é para ti, para postares no teu VOZES...
    Sou sincera, meu amigo, não esperava que este poema marcasse tanto; até no FACEBOOK...
    BEIJO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  21. ...mas ás vezes o NADA... é TUDO, nas nossas vidas!
    Que Poema tão lindo como só tu sabes escrever...
    Diz-me o que se passa com Terra de Encanto...
    Beijos para as duas.
    Graça

    ResponderEliminar
  22. VIEIRA CALADO, meu amigo: tens razão!É sobretudo das partes tristes da vida, da desilusão, das injustiças, que o poeta se serve para comunicar o amor da sua mensagem...
    BEIJO DE Mª ELISA

    ResponderEliminar
  23. GRACINHA: olá!O poema saíu de modo que eu nem contava!
    A TERRA DE ENCANTO Foi obrigada a fechar! Ela te dirá porquê... mas vai abrir outro blog com outro nome: está a passar tudo para dp reabrir.TENHO QUE SAIR QUE TEMOS UM FOGO PERTO...
    BEIJOJinho

    ResponderEliminar
  24. MARIA QUERIDA: obrigada pelo poema de domentário, de Eduardo de PAULA!
    É verdade, amiga; eu não esperava o sucesso deste poema...
    Beijos de PAZ
    Mª ELISA

    ResponderEliminar
  25. Disse um famoso poeta que o sentimento não tem explicação possível. Tem descrição. E a sua é uma das mais belas, as imagens que floresceram em sua mente, também repercutiram na minha: a lua como um mármore contemplativo, o pó do que somos feitos, ambos me jogaram para além da dor.
    Muito obrigado pela partilha. Haja bem e beijos, desde cá.

    ResponderEliminar
  26. DJABAL: obrigada ,como lhe digo sempre, pelas suas lúcidas palavras. É isso mesmo que o poema reflecte: somos pó...
    Muita gente lê mas não interpreta!
    BEIJINHO, Djabal!
    Mª ELISA

    ResponderEliminar