quarta-feira, 28 de junho de 2017

POEMA (Obra Regª)








GEMINAÇÃO

Habitamos nossas lágrimas…
-lágrimas de nossos olhos gémeos-


Uma delas ficou suspensa…cresceu…caiu…
Era minha?
Era tua?
Era nossa…fomos almas gémeas,
como as lágrimas que nos visitaram…
Sem cor, como gotas de orvalho em penoso
equilíbrio gravitacional, delas nos alimentámos
no rumor intemporal da tua boca na minha…
bocas gémeas…olhos gémeos…almas gémeas…
que, pelos andaimes do mundo, chegaram
à boca quente das estrelas.

De tão gémeas,
nossas lágrimas são, hoje, pedras cristalizadas
desta manhã, que já foi Ontem…

Maria Elisa Ribeiro
DEZ/015


Menino de olhar sereno esperando por uma manhã...


"Terão morte miserável": Coreia do Norte promete executar ex-Presidente sul-coreana
Coreia do Norte acusa Park Geun-hye de tentativa de assassínio do líder norte-coreano Kim Jong-un.
JORNALECONOMICO.SAPO.PT

DESPORTO


Diário de Notícias
5 h ·


"Está há oito anos no Real Madrid e nunca utilizou esses métodos para melhorar o seu salário", realça Florentino Perez.


Presidente do Real Madrid nega chantagem de Ronaldo para melhorar contrato

DN.PT|POR DIÁRIO DE NOTÍCIAS


Diário de Notícias
3 h ·


Camião não foi suficiente para transportar todos os donativos recolhidos.


Incêndios - Emigrantes no Luxemburgo enviam camião com 40 toneladas de ajuda

DN.PT|POR DIÁRIO DE NOTÍCIAS

FOGOS em PORTUGAL!


Diário de Notícias partilhou uma ligação.
2 h ·



Incêndios: O que já se sabe e o que falta saber

DN.PT|POR DIÁRIO DE NOTÍCIAS

DESPORTO: HOJE, NA RÚSSIA, PORTUGAL-CHILE, PARA A TAÇA DAS CONFEDERAÇÕES!


Diário de Notícias partilhou uma ligação.
33 min ·



A lenda Dasaev analisa Rui Patrício e Claudio Bravo
E se a diferença no Portugal-Chile for feita pelos guardiões? Ex-URSS não consegue escolher
OJOGO.PT

Boa tarde, amigos de Lusibero!



Diário de Notícias partilhou uma ligação.
8 min ·



EUA - Presidente Marcelo no Facebook dos The Doors

DN.PT|POR DIÁRIO DE NOTÍCIAS

terça-feira, 27 de junho de 2017

Boa noite, amigos de Lusibero!


De António Gramsci, in net:
“Meu estado de espírito sintetiza estes dois sentimentos [otimismo e pessimismo] e os supera: sou pessimista com a inteligência, mas otimista com a vontade. Em cada circunstância, penso na hipótese pior, para pôr em movimento todas as reservas de vontade e ser capaz de abater o obstáculo.”
― Antonio Gramsci
De António Tabucchi (1943-2012), in O Citador:
A Vida não Está por Ordem Alfabética
A vida não está por ordem alfabética como há quem julgue. Surge... ora aqui, ora ali, como muito bem entende, são miga­lhas, o problema depois é juntá-las, é esse montinho de areia, e este grão que grão sustém? Por vezes, aquele que está mesmo no cimo e parece sustentado por todo o montinho, é precisamente esse que mantém unidos todos os outros, porque esse montinho não obedece às leis da física, retira o grão que aparentemente não sustentava nada e esboroa-se tudo, a areia desliza, espalma-se e resta-te apenas traçar uns rabiscos com o dedo, contradanças, caminhos que não levam a lado nenhum, e continuas à nora, insistes no vaivém, que é feito daquele abençoado grão que mantinha tudo ligado... até que um dia o dedo resolve parar, farto de tanta garatuja, deixaste na areia um traçado estranho, um desenho sem jeito nem lógica, e começas a desconfiar que o sentido de tudo aquilo eram as garatujas.
António Tabucchi, in 'Tristano Morre'

Poema(Obra REGª)








Poema

GOTAS POÉTICAS

PASSOS…


pelos atalhos
por areias e pedras
pelas ervas verdes das matas fechadas
faias e olaias estão descansadas…
…os animais já as não vigiam…
…nada nem ninguém agora os persegue.
a noite é dos segredos que o poeta escreve.
pelos céus, as nuvens desenham círculos perfeitos
e as chuvas caem nos campos e nas matas
a escorregarem pelas cascatas
enchendo os charcos de aluviões.
restolha a folhagem quase prateada, quase com vida,
num golpe de luz que foge da lua…
anuncia a chegada dos passos de anjos
na noite calma em que o poeta dormita
sobre a palavra que ,por fim, reluz…

Maria Elisa Ribeiro
AGOSTO/014


De Agostinho da Silva , in O Citador

"Ser Diferente
A única salvação do que é diferente é ser diferente até o fim, com todo o valor, todo o vigor e toda a rija impassibilidade; tomar as atitudes que ninguém toma e usar os meios de que ninguém usa; não ceder a pressões, nem aos afagos, nem às ternuras, nem aos rancores; ser ele; não quebrar as leis eternas, as não-escritas, ante a lei passageira ou os caprichos do momento; no fim de todas as batalhas — batalhas para os outros, não para ele, que as percebe — há-de provocar o respeito e dominar as lembranças; teve a coragem de ser cão entre as ovelhas; nunca baliu; e elas um dia hão-de reconhecer que foi ele o mais forte e as soube em qualquer tempo defender dos ataques dos lobos. "


Agostinho da Silva, in 'Diário de Alcestes'

De Agostinho da Silva...



Poema de Agostinho da Silva, in Pesquisa net :

Sonho
Teria passado a vida
atormentado e sozinho
se os sonhos me não viessem
mostrar qual é o caminho


umas vezes são de noite
outras em pleno de sol
com relâmpagos saltados
ou vagar de caracol

quem os manda não sei eu
se o nada que é tudo à vida
ou se eu os finjo a mim mesmo
para ser sem que decida.

Agostinho da Silva, in 'Poemas'
Alfredo Barroso
27 de Junho de 2016 às 12:33 · PÚBLICO ·




CONSEGUI FINALMENTE ESTABELECER UM «LINK» PARA A MINHA RESPOSTA AO FRANCISCO ASSIS NO «PÚBLICO»



Resposta a Francisco Assis: arrogante e grotesco
Não vejo Assis disposto a seguir-me o exemplo (ao invés, claro!), saindo do palco pela direita alta…
PUBLICO.PT

Bom dia, amigos de Lusibero!


segunda-feira, 26 de junho de 2017

Poema de Pablo Neruda

Poema(Obra Regª)


















BREVES







Lembranças

são memórias em painéis de tristeza

e de encantamento,

em que se movem variados sentimentos.

Falam das paisagens da vida das gentes,

de momentos de alegria e de tormentos,

de jardins floridos e de campos secos,

de montanhas verdes e desertos áridos…

Falam de acontecimentos que,

no Presente são Passado-sem-saberem-do-Futuro.

Pelas lembranças,

Recordamos a sentir as mudanças

que passam pelas várias épocas do Tempo,

deixando

nas nossas faces,

frestas de rugas, alegrias e lamentos.







Maria Elisa Ribeiro

JAN/017


OS PROFESSORES; DE...


Os professores
Por Alexandre Henriques
- 25 Junho, 2017
12863
0
COMPARTILHE

Facebook

Twitter




Neste momento, é óbvio para todos que a culpa do estado a que chegou o ensino é (sem querer apontar dedos) dos professores. Só pode ser deles, aliás. Os alunos estão lá a contragosto, por isso não contam. O ministério muda quase todos os anos, por isso conta ainda menos. Os únicos que se mantêm tempo suficiente no sistema são os professores. Pelo menos os que vão conseguindo escapar com vida.

É evidente que a culpa é deles. E, ao contrário do que costuma acontecer nesta coluna, esta não é uma acusação gratuita. Há razões objectivas para que os culpados sejam os professores. Reparem: quando falamos de professores, estamos a falar de pessoas que escolheram uma profissão em que ganham mal, não sabem onde vão ser colocados no ano seguinte e todos os dias arriscam levar um banano de um aluno ou de qualquer um dos seus familiares. O que é que esta gente pode ensinar às nossas crianças? Se eles possuíssem algum tipo de sabedoria, tê-Ia-iam usado em proveito próprio. É sensato entregar a educação dos nossos filhos a pessoas com esta capacidade de discernimento? Parece-me claro que não.

A menos que não se trate de falta de juízo mas sim de amor ao sofrimento.
O que não posso dizer que me deixe mais tranquilo. Esta gente opta por passar a vida a andar de terra em terra, a fazer contas ao dinheiro e a ensinar o Teorema de Pitágoras a delinquentes que lhes querem bater. Sem nenhum desprimor para com as depravações sexuais -até porque sofro de quase todas -, não sei se o Ministério da Educação devia incentivar este contacto entre crianças e adultos masoquistas.

Ser professor, hoje, não é uma vocação; é uma perversão. Antigamente, havia as escolas C+S;hoje, caminhamos para o modelo de escola S/M. Havia os professores sádicos, que espancavam alunos; agora o há os professores masoquistas, que são espancados por eles. Tomando sempre novas qualidades, este mundo.

Eu digo-vos que grupo de pessoas produzia excelentes professores: o povo cigano.
Já estão habituados ao nomadismo e têm fama de se desenvencilhar bem das escaramuças. Queria ver quantos papás fanfarrões dos subúrbios iam pedir explicações a estes professores. Um cigano em cada escola, é a minha proposta.
Já em relação a estes professores que têm sido agredidos, tenho menos esperança.

Gente que ensina selvagens filhos de selvagens e, depois de ser agredida, não sabe guiar a polícia até à árvore em que os agressores vivem, claramente, não está preparada para o mundo.

Ricardo Araújo Pereira
in Opinião, Boca do Inferno, Revista VisãoOS PROFESSORES

Fundação AIS
16/6 às 12:24 ·


A comunidade cristã foi aconselhada a reduzir o número de celebrações e as próprias visitas aos templos, como medida de segurança face à ameaça terrorista http://bit.ly/ACN_Egipto_16617

O conselho foi dado no final da semana passada pelo ministro do Interior egípcio, durante uma reunião com os chefes de segurança das diversas províncias do país onde o risco de atentados é mais elevado.

Segundo Magdi Abdel Ghaffar, o Egipto está na mira de “forças que querem desestabilizar” o país, e é necessário usar todas as medidas preventivas. Assim, Abdel Ghaffar aconselhou os cristãos a reduzirem as “visitas e as celebrações” em igrejas e mosteiros, evitando os ajuntamentos de pessoas “em locais de culto e de oração” http://bit.ly/ACN_Egipto_16617

Fundação AIS
17/6 às 20:32 ·


O corpo do Padre Ragheed sucumbiu perante as balas das metralhadoras dos jihadistas. Mas essas balas não podem evitar que agora ele, no Céu, continue a rezar por nós, e pelos benfeitores da Fundação AIS, como prometeu na última carta que nos enviou.



Impossível esquecer
Foi a 3 de Junho de 2007. Fez agora 10 anos. O Padre Ragheed Ganni, de 35 anos, foi assassinado logo após ter celebrado Missa em Mossul, uma das mais importantes cidades iraquianas. O país já vivia tempos...
VOZDAVERDADE.ORG

Bom dia. meus amigos!


"Bom domingo, amigos!

Foto google"